Banner Haras Regina
17 Jun 2017 | 19:42:21

GP Pres. Júlio Mesquita (gr.III): Ouro Preto abandona o "perdedor" em alto estilo

Defensor de Marco Antonio Dexheimer é filho do nacional Desejado Thunder.

Ouro Preto venceu com autoridade

Imagem: Marília Lemos

Disputado neste sábado (17) em Cidade Jardim, o Grande Prêmio Pres. Julio Mesquita (gr.III), em 1.000m na pista de grama (pesada), para produtos de 2 anos, foi vencido por Ouro Preto, filho de Desejado Thunder e Grazielle (Music Prospector), de criação do Haras Fazenda Boa Vista e propriedade de Marco Antonio Dexheimer. 

Na largada, Everton Pereira aproveitou-se da baliza onze para levar Ouro Preto para o externo da raia. Por dentro, Barato Total (Crafty C. T.), Lollita (Setembro Chove) e Prima Classe (Que Fenômeno) disputavam os primeiros postos. O estreante Kshow do Iguassu (Pioneering) buscava recuperar-se de uma má largada.

Terminado o prolongamento da reta de chegada, Ouro Preto emparelhava com o pelotão que acionava por dentro na disputa do primeiro posto. Faltando 300 metros para o disco, Kshow do Iguassu deu impressão de que passaria por Barato Total. Este, porém, resistiu aos ataques do oponente. Aberto, Ouro Preto insistia na disputa da primeira posição.

Nos 200 finais, Ouro Preto livrou vantagem considerável sobre Barato Total, passando a sustentar margem até o disco. Barato Total formou a dupla a 2 corpos e 1/2. Kshow do Iguassu (3 e 1/2) foi o terceiro, ligeiramente adiantado em relação a Gladiator Basco (por Siphon, 3 e 1/2). Prima Classe (5 e 1/4) e Fort Red (por Redattore, 5 e 1/4) empataram na quinta posição.

Depois chegaram Friday Royal, Xtreme Energy, Fire Back, Camis Brasilis e Lollita.

Treinado por Valter dos Santos Lopes, Ouro Preto obteve a sua primeira vitória em 4 corridas. Tempo de 56.59.

Mais notícias

Europa: reaparecimento vitorioso de Caravaggio e G1 de Ribchester foram os destaques

Provas disputadas entre Inglaterra e Irlanda estiveram em voga no fim de semana do turfe europeu

Ler na íntegra

Nota de falecimento: Josni Ribeiro

Josni Ribeiro (1985 - 2017) Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB Faleceu na tarde de ontem (16) o jóquei Josni Hempel Ribeiro. Aos 33 anos, o profissional sofreu um acidente de motocicleta, na BR 116, no Trevo de São José, Km 54 da rodovia, próximo a Teresópolis.  Tendo iniciado sua carreira nas canchas retas do Rio Grande do Sul, Ribeiro mudou-se para... [continua ]

Ler na íntegra

Kawara conquista batismo nobre no Clássico Much Better (L)

Favorito do Stud Red Rafa não decepcionou na melhor prova da noturna

Ler na íntegra